Frete grátis nas compras a partir de 3 unidades.

APROVEITAMENTO DOS PRODUTOS FLORESTAIS NÃO MADEIREIROS DO BARU (Dipteryx alata)

Autores: Cláudio Henrique Del Menezzi

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Os produtos florestais não-madeireiros provenientes do
extrativismo no bioma Cerrado estão sendo
considerados uma alternativa de renda para os
agricultores e comunidades tradicionais. Os frutos da
espécie Dipteryx alata geram produtos que aos poucos
são oferecidos em mercados locais e em centros
urbanos. Seu consumo vem crescendo devido ao sabor
peculiar e valor nutricional. O objetivo deste estudo é
analisar as tecnologias empregadas em todas as etapas
do processo produtivo dos PFNM´s oriundos do baru,
em quatro diferentes unidades produtivas, localizados
no estado de Goiás, bioma Cerrado. O método utilizado
consistiu-se de visita in loco a famílias coletoras de
baru, acompanhamento da coleta de frutos em campo,
realização de ensaios de rendimento em quatro
unidades produtivas. O cenário de melhoria do
processo produtivo através do aproveitamento integral
foi estipulado, a partir dos coeficientes técnicos gerados
nas diferentes unidades. No ano de 2005 a
comercialização e outros serviços relacionados com o
fruto do baru, representaram 67,24% da renda anual de
uma família amostrada. O ano de 2007 não foi muito
produtivo e, portanto, somente sete famílias, entre as
doze amostradas, obtiveram ganhos financeiros com os
frutos do baru. Os 1.211,71 sacos de 60 quilos
coletados pelas famílias amostradas renderam um total
de US$ 6.081,32 com a comercialização dos frutos da
safra de 2005. No cenário teórico, essa mesma
quantidade de frutos poderia gerar um ganho líquido de
US$ 37.988,36 para as famílias, caso fossem vendidas
as sementes in natura no comércio local. Portanto o
maior domínio das etapas de produção por parte dos
coletores e a máxima utilização dos PFNM´s oriundos
do fruto do baru, aumenta o retorno econômico para
essas famílias.

Subscribe To Our Newsletter

Get updates and learn from the best

Outros artigos

Do You Want To Boost Your Business?

drop us a line and keep in touch